29 a 31 de outubro de 2025

13h às 20h
SÃO PAULO EXPO / SP

(11) 5585-4355 / (11) 3159-1010

comercial@fieramilano.com.br

Fiera Milano Brasil
Logo Tubotech

29 a 31 de outubro de 2025

13h às 20h
SÃO PAULO EXPO / SP

Fiera Milano Brasil
Logo Tubotech
Fiera Milano Brasil

Após três meses de queda, confiança da indústria volta a subir

20 de junho de 2023
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Levantamento realizado pela CNI revelou que o empresário industrial está confiante em junho, especialmente em relação aos próximos seis meses. O Índice de Confiança do Empresário Industrial (ICEI) subiu 1,2 ponto e chegou a 50,4 pontos em junho. Com o resultado, o índice cruzou a linha divisória dos 50 pontos, que separa a falta de confiança da confiança no setor industrial. Foram entrevistadas 1.382 empresas entre 1º e 7 de junho.

O resultado interrompe uma sequência de três meses de falta de confiança na indústria que marcou o período entre março e maio de 2023. Desde o início do ano, o ICEI se encontra próximo da linha divisória dos 50 pontos, alternando entre confiança e falta de confiança.

De acordo com o gerente de Análise Econômica, Marcelo Azevedo, a visão do empresário em relação às condições atuais da economia brasileira ainda é negativa, mas vem melhorado ao longo do ano.

“Ainda que não seja perguntada explicitamente a razão para essa avaliação ruim e das expectativas positivas nessa pesquisa, sabemos que a atividade industrial tem sido muito prejudicada pelos juros altos. Ainda assim, esse é apenas um dos elementos que afeta a confiança do empresário, entre outros, estão o alto patamar de inadimplência e de endividamento das famílias”, explica Marcelo Azevedo.

A pesquisa da CNI mostra avanço de todos os componentes do ICEI na passagem de maio para junho de 2023. O Índice de Condições Atuais avançou 1,1 ponto, para 44,2 pontos. Apesar da alta, o índice segue abaixo da linha divisória dos 50 pontos, o que indica que os empresários veem piora das condições atuais de negócios na comparação com os últimos seis meses. A percepção de piora na avaliação da indústria, no entanto, é menos intensa e disseminada que em maio.

O Índice de Expectativas subiu 1,3 ponto para 53,5 pontos. Por estar acima da linha divisória de 50 pontos, o número indica mais otimismo da indústria para o segundo semestre do ano. Destaca-se que esse otimismo segue restrito à empresa. Enquanto o índice de expectativa da empresa aumentou 1,1 ponto, para 56,8 pontos, o índice de expectativa de economia brasileira subiu 1,9 ponto, mas ficou em 47 pontos, ainda abaixo da linha divisória.

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.